03. Maio 2019

Conheça a metodologia 5S e saiba como aplicá-la no cotidiano logístico

Conheça a metodologia 5S e saiba como aplicá-la no cotidiano logístico

A metodologia 5S é uma ferramenta baseada em conceitos de fácil compreensão e implementação para a melhoria da performance e qualidade profissional em qualquer empresa, inclusive no setor logístico.

Devido à simplicidade das ideias defendidas, não é preciso grandes investimentos para aplicá-la. Ainda assim, o programa tem a capacidade de gerar resultados bastante significativos, abrangendo questões como qualidade, segurança e lucratividade.

O que é a metodologia 5S?

O conceito de 5S foi criado no Japão durante a década de 50 com o objetivo de acelerar o desenvolvimento do país, devastado após a guerra. Com eficiência comprovada, o método passou a ser considerado o principal instrumento de gestão de qualidade e produtividade, sendo utilizado em diversos outros locais do mundo.

Sua aplicação sistemática leva à evolução contínua, já que busca orientar os profissionais para que desenvolvam disciplina e identifiquem oportunidades de melhorias nos processos, reduzindo os desperdícios e aumentando a eficiência operacional.

O nome é referente a 5 conceitos japoneses, Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke. No português, a nomenclatura foi mantida e chamamos de 5 Sensos: senso de utilização, de organização, de limpeza, de saúde e de autodisciplina.

Benefícios do sistema 5S na logística

Saiba como aplicar a metodologia 5S no cotidiano logístico - Portal IC

O programa 5S é muito mais que uma ferramenta de organização de armazéns e galpões industriais, é uma mudança cultural, desconstruindo antigos hábitos para focar na eficiência da cadeia logística, na minimização de desperdícios e no aumento da lucratividade a curto, médio e longo prazo.

O contato regular com os cinco sensos faz com que os colaboradores entendam seu papel na empresa com mais facilidade, sintam-se parte dos resultados conquistados e adquiram poder de autogerenciamento, seguindo o método mesmo quando não há cobrança.

Entre os benefícios propiciados pela adoção da metodologia estão: a criação de um ambiente de trabalho mais limpo, organizado, ergonômico, seguro e agradável; maior controle sobre os estoques e rotinas de transporte; melhor aproveitamento do espaço; estratégias de gestão mais eficazes; aproveitamento inteligente dos recursos empresariais; redução de custos; aumento da qualidade de vida e mais motivação e engajamento nas equipes.

Confira a seguir a definição de cada um dos 5S e como eles podem ser aplicados no setor logístico.  

SEIRI – Senso de Utilização

Também conhecido como senso de classificação, visa promover a utilização inteligente dos recursos empresariais, sejam materiais, ferramentas, equipamentos, dados, etc. Entre as medidas sugeridas está o descarte, reforma ou venda de itens desnecessários –já que ocupam espaço que poderia ser aproveitado de formas produtivas – e a identificação de locais apropriados para os objetos úteis e o estoque.

A sugestão é facilitar o acesso aos produtos que são essenciais no dia a dia, posicionando-os próximo aos colaboradores, e guardar o que é utilizado esporadicamente em espaços adequados. Dessa forma, a movimentação, manutenção e limpeza dos ambientes é aprimorada e cria-se um ambiente mais limpo e funcional.

SEITON – Senso de Organização

Esta etapa da metodologia está diretamente relacionada à anterior, já que cria padrões para permitir a organização dos espaços de modo que tudo possa ser acessado de forma rápida, fácil e prática. Instrumentos simples como painéis, etiquetas de identificação e estantes colaboram para a otimização do tempo e melhoram a comunicação interna.

O senso de organização também reforça a redução de itens dispensáveis no estoque, elimina equipamentos e ferramentas que não funcionam e ainda auxilia na gestão, identificando tarefas que não agregam valor ao resultado final e indicadores de desempenho que podem ser descartados para facilitar as tomadas de decisão.

SEISO – Senso de Limpeza

O objetivo deste senso é eliminar a sujeira, resíduos ou objetos estranhos do ambiente – mantendo o cuidado em armários, gavetas e estantes –, assim como enfatizar a importância da higiene nos demais locais da empresa, como banheiros e cozinha. Assim, os riscos de acidentes são reduzidos, os equipamentos são conservados adequadamente e cria-se um ambiente mais agradável e saudável.

O senso de limpeza pode também se referir à imagem pessoal, despertando a atenção para os cuidados com uma boa aparência, e ao relacionamento interpessoal, valorizando a transparência, honestidade e respeito no ambiente profissional.

SEIKETSU – Senso de Padronização e Saúde

O principal propósito do senso de padronização e saúde é garantir a manutenção dos três aspectos anteriores (seleção, ordenação e limpeza). São estabelecidos padrões de cores, formas, localização, iluminação e placas, bem como outros recursos que ajudam a manter o parâmetro nos processos e espaços de trabalho, mesmo em diferentes áreas de atuação.

É recomendado que os gestores estipulem metas diárias e mensais para que o time preserve os hábitos de limpeza e organização tanto no ambiente físico quanto no relacionamento interpessoal. Além disso, indica-se inspecionar a aplicação dos padrões estipulados, como o uso de uniforme, crachá de identificação e equipamentos de proteção. É importante investir tempo e esforços para que essas atitudes se tornem novos hábitos, fazendo da metodologia 5S um estilo de vida.

Quanto à saúde, defende-se a identificação de problemas de ergonomia, ventilação e iluminação em todos os ambientes da empresa, incluindo banheiros, refeitórios, salas de trabalho e galpões, assegurando que a saúde dos colaboradores não seja comprometida.  

SHITSUKE – Senso de Disciplina ou Autodisciplina

O último processo da metodologia diz respeito ao comprometimento pessoal para que todas as questões abordadas anteriormente sejam colocadas em prática de forma espontânea, sendo influenciado pelos padrões éticos e morais de cada indivíduo.

O sucesso deste senso se dá a partir do momento que a equipe mostra engajamento sem que haja a necessidade de cobranças e passa a aplicar os conceitos também na vida pessoal. Como resultado, é possível notar o aprimoramento da qualidade do serviço prestado, do ambiente de trabalho e das condições de vida, o que se reflete na lucratividade do negócio.

Leia também: 5 medidas anunciadas pelo Contran que podem impactar o transporte rodoviário de cargas

Referência nacional, o Portal IC  atua na locação de galpões em condomínios industriais, logísticos e corporativos de alto padrão. Atualmente, conta com 5 empreendimentos disponíveis e mais 3 em expansão, todos localizados em regiões de fácil acesso aos principais portos e rodovias do Brasil e com infraestrutura de ponta. Acesse nosso site: http://www.portalic.com.br/ e conheça mais!

Deixar um comentário