09. Janeiro 2019

Como a Internet das Coisas pode mudar o setor logístico

Como a Internet das Coisas pode mudar o setor logístico

As operações logísticas nunca mais foram as mesmas desde que a tecnologia possibilitou resolver tarefas em poucos segundos. Neste contexto, a Internet das Coisas (IoT) tem impactado o setor logístico com o aperfeiçoamento do monitoramento, gerenciamento de processos, rastreamento e detecção de falhas, dando origem à logística 4.0.

Saiba mais!

Logística 4.0

Assim como a indústria 4.0, a logística 4.0 veio para automatizar processos com tecnologias e sistemas inteligentes, que têm a capacidade de reunir dados e conectar pessoas, redes e máquinas.

Dessa forma, é possível eliminar erros e desperdício, além de poupar tempo e reduzir custos. Outra vantagem é que grandes estoques e centros de distribuição podem funcionar com agilidade e precisão, tendo o transporte integrado e gerenciado em tempo real.

Na prática, veja quais são as principais mudanças no setor logístico:

1. Eficiência no rastreio de cargas

Internet das Coisas pode mudar o setor logístico - Portal IC

Todo o percurso dos caminhões pode ser monitorado em tempo real, além de auxiliar na escolha da melhor rota, controlando a velocidade do veículo para maior segurança de pessoas e cargas.

2. Maior controle da frota

Ligado ao primeiro tópico, a eficiência no rastreio de cargas aumenta o controle da frota, ao mesmo tempo que as novas tecnologias possibilitam a identificação fácil e rápida de falhas nos equipamentos, garantindo que todos os dados estejam sempre atualizados por meio de agendamentos automáticos de manutenção.

3. Gestão de estoque automatizada

Como a Internet das Coisas pode mudar o setor logístico - Portal IC

Além dos coletores de dados RFID – equipamento de captura e transmissão de informações por meio de ondas de radiofrequência – e dos leitores de código de barras, a instalação de sensores e leitores em pontes rolantes e empilhadeiras garante um processo automático para o rastreio de qualquer movimentação dos produtos e equipamentos.

4. Gestão de processos simplificada

Com sistemas eletrônicos de gestão de processos, é possível reduzir custos, otimizar a logística e automatizar tarefas.

Leia também: Gerenciamento de riscos na cadeia logística

Referência nacional, o Portal IC  atua na locação de galpões em condomínios industriais, logísticos e corporativos de alto padrão. Atualmente, conta com 5 empreendimentos disponíveis e mais 3 em expansão, todos localizados em regiões de fácil acesso aos principais portos e rodovias do Brasil e com infraestrutura de ponta. Acesse nosso site: http://www.portalic.com.br/ e conheça mais!

Deixar um comentário